quinta, 17 novembro 2022 15:19

Município de Oliveira do Hospital aprova novas candidaturas no programa “Condomínio de Aldeia”

Na imagem, vê-se a intervenção recentemente efectuada pelo Município de Oliveira do Hospital, na aldeia de Gramaça, Freguesia de Aldeia das Dez, no âmbito do  programa "Condomínio de Aldeia. Na imagem, vê-se a intervenção recentemente efectuada pelo Município de Oliveira do Hospital, na aldeia de Gramaça, Freguesia de Aldeia das Dez, no âmbito do programa "Condomínio de Aldeia.

 

O Município de Oliveira do Hospital viu aprovados três projetos de intervenção apresentados à candidatura “Condomínio de Aldeia: Programa Integrado de Apoio às Aldeias Localizadas em Território de Floresta”, do Fundo Ambiental.

Os três projetos, que têm um financiamento no valor de 102.849,33€, contemplam intervenções nas aldeias de Pedras Ruivas (na freguesia de Seixo da Beira); Ponte das Três Entradas (nas freguesias de Aldeia das Dez, de UF Penalva de Alva e S. Sebastião da Feira, de UF S. Ovaia e Vila Pouca da Beira); e Póvoa das Quartas (na freguesia UF Lagos da Beira e Lageosa), e visam dar apoio e resiliência às aldeias localizadas em territórios vulneráveis de floresta.

A proposta de intervenção de “Condomínio de Aldeia”, para a gestão e ordenamento da Interface Urbano-Rural do Aglomerado Populacional, tem como objetivo principal a execução de um conjunto de intervenções de adaptação às alterações climáticas da área envolvente aos Aglomerados Populacionais, através de ações de reconversão de espaços florestais e espaços agrícolas abandonados, com a criação de mosaicos de paisagem, criação de pomares agrícolas e de frutos silvestres, garantindo deste modo a segurança de pessoas e bens e o fomento da biodiversidade.

De referir que, no âmbito da candidatura, são propostas soluções técnicas de atuação, prevendo a realização de investimentos para quatro tipologias de ação: Recuperação dos territórios agrícolas ou agroflorestais abandonados e reconversão dos territórios exclusivamente florestais na envolvente às áreas edificadas para outros usos e atividades, promovendo uma agricultura de conservação, a instalação de pomares de medronheiro e pinheiro manso bem como de instalação de prados e pastagens, por exemplo; Controlo de espécies exóticas invasoras; Métodos alternativos à queima de sobrantes agrícolas e florestais – para o efeito será, por exemplo, possível a aquisição de uma estilhaçadora e ainda de um ecoponto agrícola e florestal para cada uma das três aldeias; e Formação da comunidade para a gestão do fogo.

A aprovação de mais três candidaturas permite ao Município de Oliveira do Hospital operacionalizar medidas para redução dos riscos associados à ocorrência de incêndios rurais, nomeadamente através da transformação da paisagem que garanta a resiliência, a sustentabilidade e a valorização do território empoderando também a comunidade para que se torne mais consciente e resiliente ao fogo.

Como assinala o presidente da Câmara Municipal de Oliveira do Hospital, José Francisco Rolo, estas intervenções protegem as aldeias e são investimentos na sua valorização, tanto mais que só há sustentabilidade nos territórios com aldeias seguras que são espaços com vida onde vivemos, regressamos permanentemente e recarregamos baterias.

Este programa – sublinha também o autarca – recomenda uma política de valorização de aldeias e traz a possibilidade de contribuir para termos aldeias protegidas, mais resilientes e com futuro, bem como para valorizar os aglomerados rurais do ponto de vista paisagístico e urbanístico, e os seus ativos naturais, patrimoniais e culturais.

Recorde-se que no anterior programa, o Município de Oliveira do Hospital obteve aprovação das candidaturas para realizar intervenções nas aldeias do Parceiro e da Gramaça, nas freguesias de S. Gião e Aldeia das Dez, respetivamente, cujo processo já se encontra concluído.

O programa “Condomínio de Aldeia”, do Fundo Ambiental, é uma medida no âmbito do investimento “Transformação da Paisagem dos Territórios de Floresta Vulneráveis” da “Componente C08 – Floresta” do Plano de Recuperação e Resiliência.

        

ptnlenfres

CONTACTOS

 

Username *
Password *
Remember Me