sexta, 14 outubro 2022 11:05

Oliveira do Hospital recebe evento “Portugal Nomad Roadshow”

 

O Município de Oliveira do Hospital recebe no próximo dia 18 de outubro, às 16H00, no salão nobre dos Paços do Concelho, o evento “Portugal Nomad Roadshow”, promovido pela Digital Nomads Association Portugal, com a missão de utilizar o trabalho remoto e o nomadismo digital como ferramenta de descentralização, repopulação e desenvolvimento de economias locais com comunidades globais.

Oliveira do Hospital foi um dos Municípios escolhidos para acolher este evento, que por estes dias está a percorrer o país e que tem como principais objetivos a apresentação de algumas soluções práticas e sugestões de como podem as localidades adaptarem-se a estes novos desafios e tornar Oliveira do Hospital como um destino de eleição para os nómadas digitais.

Note-se que o nomadismo digital e o trabalho remoto são considerados como ferramentas que vão permitir às cidades mais pequenas, vilas e aldeias atrair população residente com salários elevados e que podem trabalhar a partir de qualquer lugar.

Nesta iniciativa, vai estar presente o Presidente da direção da Digital Nomads Association Portugal, Gonçalo Hall, que lidera uma equipa constituída por experts de áreas como finanças, direito, nomadismo digital e trabalho remoto.

O presidente da Câmara Municipal de Oliveira do Hospital, José Francisco Rolo. nota a importância deste evento, que permite a promoção do teletrabalho no interior do país, abrindo as portas do território aos nómadas digitais.

Sublinhando que Oliveira do Hospital foi pioneiro no país ao disponibilizar um espaço de coworking rural. Aberto há um ano, está instalado em Alvoco das Várzeas e integra a rede de espaços Cooperativa Cowork Aldeias de Montanha, tratando-se de um espaço moderno e inspirador localizado em ambiente rural eem plena harmonia com a natureza.

Além disso, como recorda o autarca, Oliveira do Hospital integra a Rede “Teletrabalho no Interior.

Vida Local, Trabalho Global”, tendo sido um dos municípios da Região de Coimbra a integrar a primeira fase desta rede nacional de espaços de coworking lançada, em abril do ano passado, sob a tutela do ministério da Coesão Territorial e ministério do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social.

Esta rede é composta por espaços devidamente equipados com computadores, impressoras e acesso à internet, e estão disponíveis para todos os cidadãos que pretendam trabalhar em regime de teletrabalho.

São mais valias que deixam o município como um território bem posicionado para acolher os nómadas digitais, trabalhadores oriundos de todos os pontos do mundo que ultimamente têm apostado no nosso país como base para viver e trabalhar remotamente, e que ao mesmo tempo têm vontade de conhecer mais aprofundadamente as gentes locais.

Sublinhe-se que a população ativa que pode trabalhar remotamente tem vindo a aumentar, sendo que com acesso ao trabalho remoto, indivíduos e famílias são livres de viver onde quiserem e estão a procurar, ativamente, os melhores locais no país, para viver, trabalhar e ter mais qualidade de vida.

        

ptnlenfres

CONTACTOS

 

Username *
Password *
Remember Me