terça, 11 outubro 2022 15:13

Atividade cultural do concelho com apoios superiores a oitenta mil euros

O Município de Oliveira do Hospital formalizou, no dia 7 de outubro, protocolos de colaboração e cooperação com quatro dezenas de coletividades e grupos associativos do concelho, que incluem para este ano a atribuição de apoios financeiros de valor superior a oitenta e cinco mil euros.

Na senda do apoio aos grupos culturais concelhios, no âmbito da estratégia municipal “OH+ Cultura | De Todos para Todos”, o Município de Oliveira do Hospital atribuiu este ano de 2022 o total de 85.675 euros a quarenta grupos culturais e associativos em atividade no concelho.

Com os apoios agora atribuídos, o investimento na Cultura em Oliveira do Hospital nos últimos dois anos sobre para cerca de 518 mil euros.

A formalização dos protocolos com os agentes culturais decorreu no dia 7 de outubro, numa cerimónia pública, no Salão Nobre dos Bombeiros Voluntários de Oliveira do Hospital, no âmbito das comemorações do Feriado Municipal.

No momento, a vereadora com o pelouro da Cultura da Câmara Municipal, Graça Silva, enalteceu o trabalho desenvolvido pelos agentes culturais e agradeceu “a postura e a resiliência” assumida durante os últimos dois anos, em virtude da pandemia da COVID-19.

Graça Silva reconheceu ainda que a importância cultural do concelho “se deve ao capital humano”, que ligado ao associativismo “dota o concelho de uma grande riqueza cultural”.

O acesso a uma oferta cultural diversificada e dirigida a toda a população, referiu a vereadora da Cultura, “tem sido uma preocupação constante” do Município, assumida “através da oferta descentralizada e indo ao encontro do público sénior ou daquele que por motivos vários não se pode deslocar à sede de concelho” ou “apostando em iniciativas direcionadas para o público com necessidades especiais”.

Grande parte do investimento feito na Cultura resulta de candidaturas elaboradas pelo Município de Oliveira do Hospital aos vários quadros de financiamento e também no âmbito da CIM RC – Comunidade Intermunicipal da Região de Coimbra, concretamente através da Programação Cultural em Rede, com os projetos “Viver os Rios”, “Tradição da Serra ao Mar” e À Beira do Fado”, cujo investimento feito no valor de 300 mil euros para a realização de eventos foi reembolsado na totalidade.

Em 2021 e 2022, o Município apoiou associações locais na realização de candidaturas a programas de apoio cultural. Exemplo disso são projetos como o “Montanhas D’artes – Festival de Artes de Oliveira do Hospital”, candidatado pela Liga de Iniciativa e Melhoramentos de Travanca de Lagos, e o ciclo descentralizado de concertos “Música Cruzada”, levado a cabo pelo Coral Sant’Ana, que foram apoiados pela Direção Geral das Artes, através do apoio, em parceria, do Programa de Revitalização do Pinhal Interior.

“Outro bom exemplo”, referiu Graça Silva, foi a aprovação pela DRCC - Direção Regional de Cultura do Centro, no âmbito do PAAC+ - Programa de Apoio à Ação Cultural da Região Centro, da candidatura “Encontro de Concertinas da Pastorícia”, organizado pela ACOA - Associação Cultural Os Oliveirenses & Amigos de Oliveira do Hospital.

Também no âmbito do PAAC+, para este ano de 2022, o programa de apoio à Cultura contemplou para o concelho apoios ao projeto de concertos descentralizados “Da Nossa Aldeia”, candidatura da Liga dos Amigos de Alvoco das Várzeas, e o evento “Encontro Etnográfico da Pastorícia”, da ACOA, ambas aprovadas pela DRCC com um montante de 1.300 euros para cada associação.

O Município “tem ainda apoiado igualmente a requalificação de imóveis culturais e recreativos, tendo em conta os objetivos das associações”, ao nível da criação e da programação cultural.

“Estamos atentos aos desafios e temos desenvolvido um trabalho de proximidade com os agentes culturais e associativos, em sessões de apoio e motivação, com vista o desenvolvimento de novas ideias, projetos e criações culturais”, afirmou Graça Silva.

        

ptnlenfres

CONTACTOS

 

Username *
Password *
Remember Me