quinta, 30 junho 2022 16:00

Fado no centro da programação cultural do mês de julho

O fado está em destaque durante o mês de julho em Oliveira do Hospital, com freguesias do concelho a ser palco de concertos intimistas e vertentes artísticas, no âmbito da programação cultural em rede “À Beira do Fado”.

A 6.ª edição do Festival Municipal da Canção – Fado, Fado Canção, promovido pelo Município de Oliveira do Hospital, no dia 23 de julho, às 21h30, no Largo Ribeiro do Amaral, é o momento alto do leque de ações culturais que decorrem no mês de julho.

As inscrições decorrem até ao dia 1 de julho e podem participar crianças e jovens com idades entre os 5 e os 15 anos. Os interessados devem inscrever-se junto do Gabinete de Apoio à Vereação da Câmara Municipal, ou através do e-mail Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar., ou pelo telefone 238 605 257.

Ao longo do mês de julho, o concelho de Oliveira do Hospital é palco de iniciativas no âmbito da programação cultural em rede “À Beira do Fado”, com concertos e noites de fado de renome.

No dia 2 de julho há “Fado no Adro”. O Largo do Tribunal de Oliveira do Hospital transforma-se em pátio e a gastronomia típica da região está em destaque. A partir das 21h30, a música tem as participações de Rogério Albernaz, Bernardo Pessoas e o projeto Fado ao Centro,.

No dia 9 de julho, às 21h30, no adro da Igreja Moçárabe de Lourosa é recriado o programa da RTP1, “Em Casa d’ Amália”, na iniciativa “Fado no Feminino”, com as vozes de Teresa Tapadas e Manuela Zenha e a participação de José Gonzalez.

As várias vertentes artísticas, numa simbiose entre o fado e a dança, são apresentadas no dia 16 de julho, às 21h30, no Anfiteatro Romano de Bobadela, em “Fado Bailado, Fado Cantado”.

“À Beira do Fado” é um projeto em rede que junta os municípios de Arganil, Oliveira do Hospital e Pampilhosa da Serra, através de concertos, exposições e palestras, entre outras iniciativas, numa programação dinâmica, que alia a tradição à contemporaneidade e na qual se valoriza o território, considerando o papel de destaque dos agentes, grupos e associações culturais locais.

As iniciativas cultruais no âmbito do projeto “À Beira do Fado” prosseguem no mês de agosto, com datas e eventos a anunciar.

        

ptnlenfres

CONTACTOS

 

Username *
Password *
Remember Me