quarta, 07 julho 2021 08:32

Oliveira do Hospital com obras de rede de água e saneamento de 2 milhões

 

O Município de Oliveira do Hospital acolheu, no dia 1 de julho, a apresentação das obras de a ampliação de redes de águas e saneamento em diversas localidades do concelho e que integram o “Ciclo Urbano da Água (CUA) – Operações Promovidas por entidades Gestoras Agregadas - Eixo Prioritário - Proteger o ambiente e promover a eficiência dos recursos” promovido pelas Águas Públicas da Serra da Estrela (ApdSE).

De referir que no âmbito destas operações, a APdSE vai realizar obras de cerca de cinco milhões nos concelhos de Gouveia, Seia e Oliveira do Hospital.

No concelho de Oliveira do Hospital vão ser concretizadas nove intervenções, num investimento de dois milhões de euros, e que vão beneficiar as populações no que respeita ao abastecimento de água e rede de saneamento.

Simbolicamente, nesta sessão que teve lugar no salão nobre dos Paços do Município, foi assinado o auto de consignação de uma das nove obras que vão iniciar no concelho - Rede de saneamento e Rede de Abastecimento de Água de Malhadoura (Lajeosa).

As nove intervenções que vão beneficiar a população do concelho são as seguintes: Rede de saneamento e Rede de Abastecimento de Água de Malhadoura (Lajeosa); Rede de saneamento na rua dos Forninhos e Barroca Alta (Lagares da Beira); Abastecimento de água à Adarnela (Lagares da Beira/ Travanca de Lagos); Extensão da rede de água na Rua do Valagão (Penalva de Alva); Rede de saneamento de águas residuais, EEAR e remodelação da rede de abastecimento de água na Quinta da Abrunheira (Nogueira do Cravo); Execução da Rede de saneamento no Bairro da Mata (Nogueira do Cravo); Subsistema de águas residuais e Estação de Tratamento de Águas Residuais (ETAR) de Rio de Mel; Execução de rede de saneamento no Soitinho, Rua da Lameira e Rua da Fonte (Chamusca da Beira); Subsistema de Águas Residuais e ETAR da Felgueira Velha.

Acrescenta-se ainda a remodelação e instalação da adutora e tratamento de água de abastecimento de Avelar. São objetivos estratégicos desta operação, entre outros, a melhoria da qualidade do serviço de saneamento de águas residuais e da capacidade de tratamento do serviço de saneamento de águas residuais, garantindo soluções adequadas que acautelem a sustentabilidade económico-financeira e a proteção do ambiente.

Pretende-se dotar a área de influência de infraestruturas por forma a otimizar a capacidade instalada e proceder à melhoria dos sistemas do ciclo urbano da água, designadamente de saneamento de águas residuais.

Na cerimónia, onde marcaram presença presidentes de junta e residentes nos locais onde decorrerão este conjunto de obras, o presidente do Município de Oliveira do Hospital, José Carlos Alexandrino deu conta que esta era uma sessão para dar a conhecer às pessoas as obras adjudicadas que ascendem a dois milhões que vão somar aos seis milhões de investimento realizado pela autarquia até ao ano passado.

São assim 8 milhões de euros de investimento na rede de água e saneamento desde que José Carlos Alexandrino assumiu os destinos da Câmara Municipal e que têm, sucessivamente, vindo a resolver os problemas das populações nesta área.

Uma opção muitas vezes por investimentos descentralizados, em pequenos lugares “para dar também condições a essas pessoas porque também têm direito, como as outras, no acesso a água de qualidade”, conseguindo-se obter financiamento a 85 por cento.

O presidente da Câmara Municipal de Oliveira do Hospital deu ainda conta dos números de cobertura no concelho.

No abastecimento de água, que cumpre as metas da segurança em 99,67%, a acessibilidade à população é de 94% com uma rede de 433 quilómetros. Já no saneamento, existem 238 quilómetros de rede que garantem uma acessibilidade através da rede fixa de 87 por cento.

        

ptnlenfres

CONTACTOS

 

Username *
Password *
Remember Me