“Requei-Bom” vence Concurso Municipal de Ideias de Negócio de Oliveira do Hospital Destaque

"Requei-Bom" foi o projeto vencedor na final do Concurso Municipal de Ideias de Negócio, realizada no dia 24 de março, em Oliveira do Hospital.

 

A iniciativa é promovida no âmbito do projeto "Empreendedorismo nas Escolas da Região de Coimbra" desenvolvido pela Comunidade Intermunicipal da Região de Coimbra (CIMRC) em estreita parceria com os municípios seus constituintes.

 

Na final, realizada na Casa da Cultura César Oliveira, a vitória sorriu aos alunos Tânia Henriques e Fábio Mota, do 12.º ano do Curso de Restauração, variante Cozinha/Pastelaria, no Agrupamento de Escolas de Oliveira do Hospital (AEOH), que apresentaram ao júri a sua ideia de negócio inovadora, "Requei-Bom".

 

A ideia assenta na produção de bombocas com recheio de requeijão promovendo dessa forma o requeijão, um dos produtos locais e regionais de base Serra da Estrela.

 

Apresentado como produto inovador que utiliza recursos endógenos e que cria um novo conceito de bombocas, o projeto "Requei-Bom" convenceu o júri e deu, a estes alunos, o passaporte para representar o Município de Oliveira do Hospital na final intermunicipal da CIM da Região Centro, a realizar dias 1 e 2 de abril, em Tábua, este ano em regime de Bootcamp.

 

Em segundo lugar ficou a ideia de negócio "Urgepress" dos alunos José Monteiro e Rute Pegado da EPTOLIVA – Escola Profissional de Tábua e Oliveira do Hospital. O júri – constituído por José Francisco Rolo, vice-presidente da Câmara Municipal; António Soares, da Caixa de Crédito Agrícola de Oliveira do Hospital; e João Nunes, direção da BLC3 – deliberou também a atribuição do terceiro prémio, com a mesma pontuação, aos projetos "BlindSneaker" das alunas Ana Silva, Cláudia Peres e Inês Filipe (AEOH) e "Ya.Come" dos alunos Francisco Borges e João Dinis (EPTOLIVA).

 

Nesta final do Concurso Municipal de Ideias de Negócio em Oliveira do Hospital foram defendidas dez ideias de negócio finalistas que envolveram a participação de 18 alunos do ensino secundário e profissional no AEOH e na EPTOLIVA.

 

Refira-se que, no concelho, esta quarta edição do programa envolveu um total de 91 alunos e sete professores que delinearam doze projetos candidatos, entre os quais foram apurados os finalistas.

 

Refira-se ainda que a sessão iniciou com a apresentação da ideia de negócio que vai representar o 3.º Ciclo do Ensino Básico na final intermunicipal, este ano em formato "Expo Empresas", dia 27 de maio em Mortágua. O concelho de Oliveira do Hospital será representado pela "Eco-Côdea", projeto desenvolvido pela turma 9.º O do Agrupamento de Escolas de Oliveira do Hospital, que assenta na produção de um pão que tem entre os seus ingredientes, o sorelho, o soro que resulta do fabrico do requeijão.

 

Nesta sessão foram ainda entregues os certificados a empresas locais no âmbito do projeto "Empresa Solidária" promovido pelo Município de Oliveira do Hospital bem como aos formandos do Curso Costureiro(a) Industrial de Tecidos do IEFP, a funcionar em Oliveira do Hospital.

 

Na final, que contou com momentos musicais pelos alunos João Ferreira e Mariana Torgal do Agrupamento de Escolas, os jovens participantes ouviram palavras de incentivo por parte dos membros do júri e das direções das escolas, pelo empenho demonstrado e originalidade que lhes permitiu idealizar novos potenciais negócios.

 

Também a vereadora da Educação, Graça Silva e o presidente da Câmara Municipal, José Carlos Alexandrino, deram os parabéns aos participantes pelo trabalho desenvolvido e pelo seu empreendedorismo.

 

 

voltar ao topo