Artigos

Associação do Grupo de Cantares Tradicionais "Cotovias de Alvoco"

Av da Fronteira (Antiga Escola Primária)

3400-301 Alvoco das Várzeas

 

Coral de Sant´Ana

Apartado 216

3404-909 Oliveira do Hospital

Telefone: 238604987

 

Grupo de Cantares da Casa do Povo de Nogueira do Cravo

Rua Dr. António Tinoco, 19

3400-487 Nogueira do Cravo OHP

 

Grupo de Cantares de Vila Pouca da Beira (Grupo de Melodias e Cantares da Beira Serra)

Rua dos Olivais, 2º B

3400-769 Vila Pouca da Beira

Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

Tuna e Cantares de Avô

Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

Tuna Recreativa Penalvense

Sociedade Recreativa de Penalva de Alva

A Tuna Penalvense, um dos agrupamentos musicais mais antigos do concelho de Oliveira do Hospital, nasce da vontade de um grupo de penalvenses que, em 1937, funda a Sociedade Recreativa Penalvense. Este grupo mantém-se ativo até 1952/53, ressurgindo em 1982, pela vontade de um grupo de antigos tunos .

Em 2005, comemorando os 68 anos da sua fundação, a Tuna inicia um processo de renovação, no que diz respeito ao repertório, aos instrumentos utilizados e até aos próprios executantes. Tendo como principal objetivo proporcionar aos jovens deste meio o contacto com a música, assim como contribuir para a sua divulgação, a Tuna integra neste momento, sob a direção musical de Rui Marques, 25 instrumentistas, em Violino, Bandolim, Bandola, Bandoloncelo, Violoncelo, Guitarra Clássica, Guitarra Portuguesa, Viola Baixo, Contrabaixo e Flauta transversal. O trabalho desenvolvido pela Tuna Penalvense assenta apenas na música instrumental.

A Tuna Penalvense tem vindo a participar e organizar eventos, alargando a sua atuação através da colaboração com a Câmara Municipal ou com outros grupos musicais, com os quais mantém contacto e promove intercâmbios. Para além destes eventos, a Tuna mantém constante atividade, tendo-se apresentado em dezenas de atuações por todo o país, com maior incidência nos concelhos da região centro. Em 2012, assinalando o seu 75º Aniversário, edita o seu primeiro CD – Contrast(e)os.

Contactos:

e-mail: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

Filármónica de Ervedal da Beira

Em finais do século XIX existiam em Ervedal da Beira duas filarmónicas, a Lira e a Canorsa (“que é nossa”). A primeira, mais conservadora, estava ligada à Casa dos Viscondes; a segunda, mais progressista, era apoiada pelo povo ervedalense. Não admira pois que a rivalidade entre ambas fosse, até politicamente, enorme. Acabariam, ainda assim, por fundir-se e, aos poucos, desaparecer.

Neste interregno, em 1914, surge uma tuna só com instrumentos de cordas, fundada por José Dias Ferrão, seu contramestre. Todavia, também não sobreviveu. Em 1918 era extinta. É então que surge Sebastião Carlos de Albuquerque, Visconde do Ervedal.

Como a angariação de fundos junto da população para a constituição de uma nova filarmónica e aquisição dos respectivos instrumentos e fardamentos tivesse redundado num contributo diminuto, o visconde José Dias Ferrão decide, ele próprio, custear todas as despesas.

A 16 de janeiro de 1926, aconteceu a primeira atuação pública da banda.

Rua da Filarmónica, nº 1, 3405-032 Ervedal OHP

 

 

Filarmónica Fidelidade de Aldeia das Dez

A Associação Filarmónica Fidelidade Aldeia das Dez foi fundada em 15 de setembro de 1856. A data e a sua designação não são, certamente, alheias ao movimento que em Portugal dava então os primeiros passos e ficaria conhecido como a Regeneração, período esse característico pela estabilidade e grandes progressos económicos.

Aldeia das Dez, terra de artistas e artesãos, onde pontificava uma certa aristocracia rural, sentiu naturalmente os ventos da história e fez questão de alinhar nessa vaga de progresso.

A fundação da Filarmónica Fidelidade é, de algum modo, o reflexo da estabilidade politica que Portugal atravessava nesse período.

Ao longo destes anos, a banda teve algumas interrupções, mas nunca por muito tempo. Na década de 1940 chegaram a existir duas filarmónicas, mas mais tarde a união voltou a fazer a força e tudo regressou ao normal.

Rua da Filarmónica, 4, 3400-221 Aldeia das Dez | Telefone: 238676581

 

Filármónica Sangianense

A Filarmónica Sangianense foi fundada em 1842, com base numa escola de música que já existiria nesta localidade do concelho de Oliveira do Hospital.

Corria o ano de 1944 quando, a 8 de outubro, tinha lugar a assembleia geral em que os jovens de S. Gião fundadores da coletividade deliberaram que Fernando Sousa assumisse a presidência da direcção e Virgílio Cabral e Raul Pereira fossem empossados nas funções de secretários. Aprovaram-se, simultaneamente, os primeiros estatutos, passo indispensável para que a sociedade fosse legalizada.

Durante muitos anos a filarmónica não teve sede própria. Ensaiava numa casa alugada, situada na Rua do Castelo. Em 15 de fevereiro de 1948, Albino Alves da Silva reuniu-se com mais alguns sangianenses residentes em Lisboa para decidir da forma como angariar fundos para a construção de uma sede própria. Depois do dinheiro angariado, construíram a casa que ainda hoje serve de sede da Filarmónica Sangianense.

Lg de S. Sebastião, nº 6, 3400-649 São Gião

 

Sociedade de Recreio Filarmónica Avoense

Bernardo da Costa e o seu feitor de então, Manuel Afonso, fundaram, em 15 de agosto de 1866, a Sociedade Recreio Filarmónica Avoense.

Como na época eram raros os regentes, foi necessário mandar vir de Braga aquele que seria o primeiro dos muitos maestros que a partir daí ensinaram música na vila de Avô. Chamava-se José Tomás e começou por reunir 24 músicos para iniciar a atividade da banda que, pouco depois, já com 27, animava culturalmente os festejos que se realizavam na região.

Até 1921, pouco se conhece da história daquela que na altura se chamava Filarmónica de Avô. Nesse anos, os registos escritos começaram, contudo, a aparecer, sabendo-se hoje que a 20 de março desse ano, Manuel Figueira, numa assembleia da instituição, terá referido ser necessário proceder à legalização da filarmónica, submetendo-se então às autoridades os estatutos da coletividade.

Dois dias depois o documento estava pronto e ficou decidido que a banda passaria a designar-se Sociedade Recreio Filarmónica Avoense.

A instituição criou depois, a 9 de abril de 1945, a sua biblioteca que, passado pouco tempo, contava já com mais de mil volumes.

Av Brás Garcia de Mascarenhas, nº 1, 3400-363 Avô | Telefone: 238677598

 

In Filarmónicas do Distrito de Coimbra, Federação das Filarmónicas do Distrito de Coimbra, 2005

 

Concertinas e Rancho da Associação Cultural da Freguesia de Seixo da Beira

Rua dos Comandantes da Grande Guerra, 4

3405-446 Seixo da Beira

 

Grupo de Bombos Pedra e Racha

Rua do Salgueiro, 10

3400-483 Nogueira do Cravo

 

Grupo de Concertinas Sons da Serra

Rua Principal, nº 31

Cabeçadas

3400-401 Lourosa

Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

Grupo de Teatro "A Semente"

Rua Alexandre Rodrigues

3400-703 São Paio de Gramaços

http://srlsampaense.com/

https://www.facebook.com/SRLSampaense

Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

Grupo de Teatro da Sociedade Recreativa Ervedalense

Av. D. Manuel I, 35

3405-032 Ervedal OHP

 

Orquestra Juvenil do Clube Caça e Pesca de Oliveira do Hospital

Rua Prof. Dr. César de Oliveira

3400-134 Oliveira do Hospital

Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

Os Amigos de Lagos da Beira - Grupo Musical

Rua D. Manuel I, 55

3405-270 Lagos da Beira

 

Grupo de Concertinas Montes Herminios de Vila Pouca da Beira

Vila Pouca da Beira

Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

Rancho da Associação Cultural e Recreativa de Lagares da Beira

Rua Dr. Francisco Borges Mendes Cruz, nº 1

3405-193 Lagares OHP

 

Rancho da Associação Progressiva de Santo António do Alva

Rua da Capela, 1

Santo António do Alva

3400-576 Penalva de Alva

 

Rancho Folclórico "Camponesas do Alva"

Centro Cultural Dr. Vasco de Campos

3400-362 Avô

Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

Rancho Folclórico "Estrelas da Manhã"

Lg José Pais

Andorinha

3405-485 Travanca de Lagos

 

Rancho Folclórico Cultural de Lagares da Beira

Rua Dr. Francisco Borges Mendes Cruz, 1

3405-193 Lagares OHP

 

Rancho Folclórico Rosas de Vila Franca

Rua União, 25

3405-625 Vila Franca da Beira

Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

Rancho Folclórico Sampaense

Rua Alexandre Rodrigues

3400-703 São Paio de Gramaços

Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

NOTÍCIAS

Crianças sensibilizadas para a Igualdade de Género

A sensibilização da população para as questões da Igualdade de Género, em diferentes momentos da...

Oficina do território: um programa educativo para Oliveira do Hospital

Durante o mês de julho, o Município de Oliveira do Hospital vai promover a formação...

ETAR de Oliveira do Hospital | Aviso à População

A Estação de Tratamento de Águas Residuais de Oliveira do Hospital (ETAR), da responsabilidade da...

Semana Municipal para a Igualdade em Oliveira do Hospital

O Município de Oliveira do Hospital prepara-se para assinalar o seu Dia Municipal para a...

Marchas Populares de Oliveira do Hospital prometem grande noite no Parque do Mandanelho

O Município de Oliveira do Hospital reedita no próximo sábado, a partir das 20h30, no...

III Torneio Inter-Freguesias Futebol 7 coloca mais de 150 participantes em competição

A 3ª edição do Torneio Inter-Freguesias de Futebol 7 arranca esta quarta-feira, dia 14 de...

Câmara Municipal de Oliveira do Hospital abre gabinete de apoio técnico para micro e pequenas empresas

O Município de Oliveira do Hospital disponibiliza a partir desta segunda-feira, 12 de junho, apoio...

Férias Ativas nas Bibliotecas Municipais: inscrições abertas

Estão a decorrer as inscrições para a participação nas “Férias Ativas”, o Programa Ocupacional de...

Comércio local motivado para a eficiência energética e gestão de resíduos

Para assinalar o Dia Mundial do Ambiente esta segunda-feira (5 de junho), o Município de...

Festival Municipal da Canção proporcionou uma noite de talentos

A Câmara Municipal de Oliveira do Hospital dinamizou no passado sábado, 3 de junho, a...

Oliveira do Hospital vai ser um dos primeiros municípios do país sem fossas séticas coletivas

O Município de Oliveira do Hospital recebeu o Secretário de Estado do Ambiente, Carlos Martins...

Projeto “Mini Repórteres” sai para a rua

O Município de Oliveira do Hospital vai dinamizar um novo projeto denominado “Mini Repórteres” dirigido...

Venha e Descubra Oliveira do Hospital

Come and Discover Oliveira do Hospital
Filmes de divulgação turística do Município de Oliveira do Hospital


ÁGUAS E SANEAMENTO

Aceda aos nossos serviços de abastecimento de água e de saneamento de águas residuais

GIP EMPREGO

Apoiar jovens e adultos desempregados para inserção ou reinserção no mercado de trabalho

SISTEMAS DE INFORMAÇÃO GEOGRÁFICA

Consulta de Planos, Plantas de Localização, Mapa Interactivo

PDM

Consultar os planos municipais de ordenamento do território e programas de ação territorial

O CONCELHO

A GASTRONOMIA

PATRIMÓNIO

AS ACTIVIDADES

CONTACTOS

 

Username *
Password *
Remember Me