sexta, 22 setembro 2017 11:34

Centenas de crianças assinalaram Dia Internacional da Paz em Oliveira do Hospital

Três centenas de crianças do 1.º CEB do Agrupamento de Escolas de Oliveira do Hospital participaram esta quarta-feira, numa iniciativa mundial, de comemoração do Dia Internacional da Paz, celebrado anualmente a 21 de setembro.

A abertura oficial deste evento mundial, a Maratona Internacional em Labirinto com crianças a favor da paz aconteceu em Fiais da Beira, junto da réplica do Labirinto de Chartres que é propriedade do casal Lydus Kramer e Maaike Niemantsverdriet. Foi na Quinta da Ladeira que se concentraram os alunos do 1.º CEB num momento simbólico da comemoração desta efeméride que tem como objetivo sensibilizar as pessoas para a necessidade da paz no mundo, incitando-as a promover atos que tenham como resultado o fim dos conflitos entre os povos e a consequente paz mundial.

Evento mundial que ocorre em todos os continentes, esta Maratona Internacional em Labirinto é protagonizada por crianças, em idade escolar, dado que “são e têm o futuro e é por isso muito importante que chamem a atenção para a necessidade de paz mundial”, como refere a organização. Refira-se que este ano, a iniciativa teve o seu início, a nível mundial, em Fiais da Beira, no concelho de Oliveira do Hospital, na tarde de 20 de setembro e em simultâneo na Ásia onde era já dia 21, terminando 24 horas depois na Holanda após ter passado por África, América e Oceânia.

A iniciativa que teve a colaboração do Município de Oliveira do Hospital, foi também possível graças à abertura deste casal holandês radicado nos Fiais da Beira, onde construíram na sua quinta, uma réplica de um dos labirintos mais conhecidos que se encontra no interior da catedral de Chartres, em França.

Neste momento cheio de significado em que as crianças puderam percorrer o labirinto, numa breve caminhada pela paz, marcaram presença Graça Silva, vereadora da Educação bem como Carlos Maia e Fernando Fernandes, da União de Freguesias de Ervedal da Beira e Vila Franca da Beira, que saudaram os presentes pela participação neste movimento mundial que teve como ponto de partida a localidade de Fiais da Beira.

A vereadora da Educação e Cultura realçou também a disponibilidade do casal anfitrião, Lydus e Maaike, que abriu as portas da sua casa às centenas de crianças participantes e seus professores numa ação que envolveu igualmente a comunidade local que se associou a este momento de sensibilização para a promoção da paz nas sociedades.

 

CONTACTOS

 

Username *
Password *
Remember Me