terça, 25 julho 2017 09:35

Município de Oliveira do Hospital lança projeto “Boccia Sénior”

 

A Câmara Municipal de Oliveira do Hospital entregou kits para a prática de Boccia a todas as Instituições do concelho, com a valência de idosos e de apoio à deficiência, da rede solidária e lares privados.

O objetivo é a promoção do desporto para todos, incentivando a prática desportiva junto desta população, de acordo com a política da autarquia no que concerne à promoção da atividade física e de estilos de vida saudável.

A sessão decorreu esta manhã, no espaço da ExpOH, com a presença dos representantes de todas as instituições que receberam o kit e a quem cabe agora a tarefa de promoção, junto dos seus utentes, do Boccia – uma modalidade de cariz universal cujas vertentes do jogo vão do lazer e recreação ao mais alto nível de competição, tendo sido eleito modalidade paralímpica.

O novo projeto “Boccia Sénior” é uma iniciativa do Município de Oliveira do Hospital com a parceria das IPSS, da Universidade Sénior de Oliveira do Hospital e apoio da Paralisia Cerebral – Associação Nacional de Desporto (PCAND), e apresenta “o grande desafio de colocar os nossos utentes a mexer pela sua saúde” como assinalou o vereador da Solidariedade e Ação Social, José Francisco Rolo que sublinhou a “relação de excelência” entre a autarquia e a Rede Social do concelho.

No dia em que também a economia social vai estar em destaque na EXPOH2017, com a realização de mais uma edição da Gala Social, esta é também uma forma “de dar relevo e fazer o reconhecimento público ao trabalho das IPSS” que geram cerca de 800 postos de trabalho e cuidam de 2.040 utentes, entre crianças, seniores e portadores de deficiência.

No lançamento da iniciativa, o vereador do Desporto, Nuno Ribeiro, explicou que após se ter implementado com sucesso “o programa mOHve-te, que se traduz em várias iniciativas ao longo do ano, proporcionando 'Desporto para Todos', lançamos este projeto direcionado à população sénior”. No futuro breve será promovida a formação para os técnicos das instituições “para implementarem esta modalidade nas diversas IPSS” de forma a que se possa, explicou, “criar um encontro concelhio onde todos participem e pratiquem esta modalidade”.

Em representação da Universidade Sénior, Graça Silva, vereadora da Educação sublinhou a importância deste projeto que promove “aprendizagens desportivas e também a Universidade Sénior irá promover e praticar esta modalidade”. “É com muito gosto que estamos a abraçar um projeto de coragem da Câmara Municipal de Oliveira do Hospital” frisou Joaquim Viegas da PCAND entendendo que “nada melhor do que apetrechar as instituições para fomentar a prática da modalidade”.

O responsável que explicou algumas noções básicas de funcionamento do Boccia deseja, agora, uma “resposta positiva por parte dos praticantes, que experimentem e se entusiasmem”. Coube ao presidente da autarquia, José Carlos Alexandrino encerrar a sessão, sublinhando que se “trata de um projeto muito interessante e que isto sirva de motivação e que contribua para que se criem outros centros de interesse na população idosa”.

O Boccia – que já é praticado no concelho pelos utentes da Santa Casa da Misericórdia de Galizes – tem como objetivo colocar as bolas de cor (seis azuis contra seis vermelhas) o mais perto possível de uma bola alvo (bola branca), que é lançada estrategicamente por um primeiro jogador, para dentro do recinto de jogo (Campo de Boccia). Não há limite de idade para a prática da modalidade, é um jogo misto e pode ser jogado por pessoas portadoras ou não de dificuldades físicas ou motoras.

CONTACTOS

 

Username *
Password *
Remember Me